Um estudo que apresenta quais fatores influenciam na percepção de preço do consumidor brasileiro

Um estudo que apresenta quais fatores influenciam na percepção de preço do consumidor brasileiro

Um estudo que apresenta quais fatores influenciam na percepção de preço do consumidor brasileiro

10 December 2019

Não bastasse o difícil esforço para ofertar o melhor preço, os varejistas precisam fazer com que tal diferencial seja notado em meio à poluição informativa e convertido em ações de compra no curto prazo, bem como construir um modelo de fidelização em uma perspectiva mais duradoura.

Neste contexto, a pergunta que fica é: qual a perspectiva do consumidor? E esta é simples de responder, pois para os consumidores, a percepção de preço é a mais pura realidade, um conceito claro, cristalino. Os clientes geralmente procuram um "valor", ou seja, uma balança que pende entre qualidade e preço ao fazer suas escolhas de compra.

Somente entendendo as expectativas dos clientes, os varejistas podem criar uma estratégia de precificação que encontre o equilíbrio entre o preço pago e o valor percebido. Para conseguir isso, os varejistas devem adotar uma estratégia de preços que integre as percepções dos clientes em cada decisão de preço.

Neste estudo, que foi realizado com 2.533 consumidores, de 6 capitais metropolitanas e que inclui 12 redes de supermercados, a dunnhumby apresenta que a simples comparação do preço nominal com o da concorrência, na qual a guerra de preços se ancora, é uma avaliação simplista e ineficiente do problema, uma vez que a percepção de preço se constitui de várias dimensões.

Para saber mais, faça o download gratuito do relatório e se sua empresa estiver em nosso relatório e você tem interesse em receber sua informação personalizada, entre em contato. Os varejistas incluídos foram:

Assaí Atacadista
Atacadão
Carrefour
Extra
Mundial
Pão de Açucar
Roldão Atacadista
Sonda Supermercados
Supermercados BH
Supermercados Guanabara
Super Muffato
Zaffari

 

Download 
  Back to all content
Download Report